• Brazilian Ghost

DJs brasileiras mais famosas de 2019

Vivemos uma era em que o sexismo é combatido diariamente no mercado, e as mulheres estão conquistando cada vez mais o mundo em diversas áreas profissionais. 


Na música eletrônica, não é diferente: existem, hoje, inúmeras DJs e produtoras musicais super talentosas que estão detonando nas pistas e chamando a atenção do mundo inteiro.


Já não é de hoje que vemos muitas DJs gringas famosas se tornarem as principais atrações dos mega festivais mundo afora, mas agora é a vez das brasileiras também deixarem sua marca de maneira grandiosa.


De DJs experientes com um background musical enriquecido à empreendedoras de mão cheia na indústria da cena eletrônica, essa é a lista (sem órdem de relevância) da Brazilian Ghost das mulheres brasileiras que estão arrebentando em 2019!



ANNA


Ana Lidia Miranda Flores - ou simplesmente ANNA - é uma das atuais embaixadoras brasileiras do techno, se firmando como a principal artista do estilo no Brasil e exportando seu trabalho para o mundo inteiro.


Com talento e consistência inquestionáveis, ela carrega consigo uma longa história como DJ, começando a brincar nos decks ainda adolescente no Six - Club do pai em Amparo (sua terra natal no interior de São Paulo).

Com suas produções autorais, ANNA alcançou lugares e objetivos que, até então, nenhuma DJ mulher brasileira havia alcançado, lançando em gravadoras como Drumcode, Kompakt, Afterlife e DIYNAMIC, além de conquistar apresentações nos maiores e mais conceituados clubs e festivais do mundo como o Tomorrowland, Awakenings, DGTL e Time Warp.


Paulista radicada em Barcelona e vencedora do DJ Awards na categoria Melhor Revelação, ANNA vive um momento de expressão em sua carreira, mostrando que as mulheres brasileiras estão com tudo quando o assunto é música eletrônica.




ELI IWASA


Eli Iwasa é uma artista multifacetada, com mais de 15 anos de experiência no mercado.


É uma daquelas mulheres fortes e batalhadoras, que carimba com maestria sua marca na cena. 


Empreendedora sócia dos clubs Club 88 e CAOS, ambos em Campinas, ela é uma das curadoras mais importantes da música eletrônica nacional, sendo responsável por lançar tendências no mercado a mais de uma década.

Eli é atual residente do icônico Warung Beach Club e também faz parte da banda eletrônica Bleeping Sauce - em parceria com Marcio A.S. - onde se renova musicalmente e expressa toda sua arte através da produção musical.


Com presença constante nos maiores clubs e festivais do Brasil e do mundo (de Rock In Rio à STRAF_WERK), Eli Iwasa consegue construir um equilibrado mix artístico atuando como DJ, produtora musical e empreendedora, através de seu carisma inigualável e suas técnicas extremamente afiadas.



ANINHA


A DJ e produtora curitibana, Aninha é conhecida por sua paixão pela arte do warm up, construindo uma carreira vitoriosa em cima desse importante e nobre papel na noite.


Sempre escalada para abrir as pistas dos mais respeitados clubs do Brasil, a artista conquistou várias residências e um público bastante exigente ao longo do tempo.


Residente do Warung Beach Club e do Club Vibe, dona da gravadora AiA Records e sócia do LIT Bar, em Curitiba, Aninha constrói o seu legado musical marcado por uma curadoria impecável.


Além disso, também é uma das comandantes do núcleo Seas, onde promove festas inusitadas e criativas no sul do país.


Sem dúvidas, Aninha é uma artista de mão cheia, engajada em vários projetos musicais que reforçam ainda mais o papel da mulher no mercado da música eletrônica.





CAMILA GIAMELARO (BINARYH)


Camila Giamelaro é mais uma mulher multitarefa da lista. 


A DJ e produtora é formada em publicidade e propaganda, foi coordenadora de mídias sociais no blog da DJ Ban, booker na Agência Tune e sempre teve na veia o jornalismo. 


Também atua como professora de Imagem e Comunicação para Artistas na DJ Ban e está a frente da Agência GIG - uma empresa dedicada ao mercado da música eletrônica que atende clientes como a Pioneer DJ, Warung Tour São Paulo, D-Nox e Boris Brejcha.


Mas entre todos os seus talentos, Camila vem ganhando destaque no Binaryh, projeto criado em parceria com o talentoso produtor Rene Castanho.


Não há dúvidas que o trabalho da dupla se encontra em uma enorme proporção hoje, já que por detrás de tamanha visibilidade existe um longo e intenso trabalho desde o estúdio ao marketing do projeto.


A junção de experiências de Camila e Rene resulta em uma performance surpreendente e repleta de qualidade no formato live, compondo com excelência o casting nacional de techno que exporta o seu trabalho para o mundo inteiro. 


E, claro, mais uma grande representatividade feminina no mercado.





DJ RIVKAH


Metade brasileira, metade francesa e nascida na Noruega, Rebecca Rangel assina o nome de DJ RIVKAH, a DJ e produtora mais nova do mundo, aos 10 anos de idade!


Ainda pequena, sonhava em ser DJ e mergulhar no mundo da música eletrônica, e em pouco tempo conquistou a atenção do público e da mídia.


Após realizar cursos de DJ e produção musical, a artista prodígio já se apresentou para o público em vários cantos do país, e está preparando um material de sucesso, incluindo parcerias com Icy Sasaki, Monkeyz, Eternal Soul e Guz Zanotto.


Elogiada por famosos como o DJ Alok, a atriz Bruna Marquezine e o jogador de futebol Kevin Trapp, RIVKAH recentemente marcou presença no programa The Noite com Danilo Gentili, onde contou curiosidades sobre sua carreira e ainda tocou piano de olhos vendados. 😲




BLANCAh


BLANCAh é o alter ego criado por Patricia Laus para difundir sua veia artística pulsante na indústria atual da música eletrônica. 


Residente dos clubs D.Edge e Warung Beach Club, a DJ, produtora, vocalista e artista gráfica, conquistou um espaço de respeito na cena techno mundial.


Apesar de ser DJ há 15 anos, a história de BLANCAh começou no tradicional club Ritter Butzke, em Berlim, estreando seu novo pseudônimo artístico com um notável amadurecimento após anos de lapidação. 


Suas apresentações no formato live encantam a todos com sua voz, melodias e ritmos viajantes.


Caindo aos agrados de gigantes como Sasha, Solomun e Richie Hawtin,


BLANCAh circula livremente levando sua performance aos mais prestigiados clubs e festivais do mundo. 


Suas mais recentes conquistas envolvem remixes de Hernan Cattaneo e Glenn Morrison, além de uma épica estreia na Renaissance Records. 


Seu compromisso com a arte é de se admirar, e não é a toa que ela é uma das protagonistas femininas da música eletrônica nacional.





GROOVE DELIGHT


Groove Delight é o projeto idealizado pela jovem artista Ké Fernandes, com influências do rock e new wave misturadas no house e no techno. 


Sua marca reflete uma identidade forte e cheia de atitude, envolvendo nuances psicodélicas e apresentações eletrizantes.


Através de uma carreira bem sucedida na produção musical e uma gigantesca base de fãs, Ké possui uma grande admiração do seu público. 


Ela vem se apresentado nas maiores festas do Brasil (como Só Track Boa, Lollapalooza e Rock In Rio) e produzindo um extenso catálogo de lançamentos desde 2009. 


No cenário mainstream da música eletrônica nacional, ela é uma das principais representantes femininas.


Hoje, Ké Fernandes também está trabalhando em um projeto solo paralelo, assinando seu próprio nome, buscando sonoridades mais maduras, melódicas e introspectivas - explorando todo o seu potencial como DJ e produtora musical.




MARIAN FLOW (FLOW & ZEO)


A DJ, produtora musical e produtora de eventos Marian Flow faz parte do famoso duo Flow & Zeo, ao lado do parceiro Zeo


Com o objetivo de propagar música e amor pelos quatro cantos do globo, a dupla produz a própria festa Noon, no Rio de Janeiro, e comanda a gravadora Tropical Beats.


Suas passagens envolvem festivais como Rock In Rio, Tomorrowland Brasil e clubs como o D.Edge, Warung Beach Club, Beehive e Watergate


Suas produções podem ser encontradas nos catálogos das melhores gravadoras do mundo, com mais de 10 anos de lançamentos.


Figura carismática em todo o Brasil, Marian Flow é exemplo de longevidade na cena eletrônica. 


Está sempre se renovando musicalmente através dos ciclos e mantendo acesa a chama da música que produz e toca desde 2008.





Sabia que Ghost Producers podem te auxiliar a chegar no topo, assim como as Djs dessa lista?


Compre agora tracks premium personalizadas da Brazilian Ghost e esteja no topo!



BARJA


Cantora e compositora há mais de 12 anos, Thais Barja é uma artista completa com um feeling musical enraizado. 


Suas apresentações envolvem suas tracks autorais cantadas ao vivo, marcadas pelo seu timbre vocal grave, charmoso e cheio de personalidade.


Com uma incrível presença de palco, a DJ e produtora impressiona por onde passa, e em pouco tempo de atuação, já coleciona no currículo lançamentos em gravadoras como Bunny Tiger, Toolroom e Universal Music Brasil, em parcerias com nomes de peso como Alok, Gabe, Shapeless, Volkoder, Rocksted e FractaLL.





CAROL MATTOS


A DJ mineira Carol Mattos é uma das integrantes do coletivo MASTER p l a n o, de Belo Horizonte e também residente da festa Mamba Negra, em São Paulo. 


Seu talento como DJ já a levou a festivais como o DGTL São Paulo e festas como ODD e Carlos Capslock, além muitos outros clubs e festas pelo país.


Seu som tem uma assinatura própria e suas atividades artísticas englobam todo um movimento sócio-cultural que está acontecendo no Brasil. 


Carol é uma das pioneiras da nova geração das festas alternativas de techno que estão espalhadas pelo país.




CASHU


Seguindo a linha de um cenário “fora da curva” dentro da música eletrônica, Cashu é o pseudônimo de Carol Schutzer, DJ e produtora cultural que reside em São Paulo.


Com participação ativa contracenando com grandes marcas como Dekmantel, Boiler Room e Voodoohop, a DJ é uma das mentes criativas por trás do coletivo Mamba Negra, propagando movimentos de contracultura difundidos pela América Latina e Europa.


 Assim como a Carol Mattos, Cashu faz parte de uma nova geração de “selectors”, DJs que não se prendem tanto a um estilo musical e buscam levar a revolução através de suas apresentações e movimentos culturais.


NOTA: No dia 27 de agosto, perdemos a primeira DJ brasileira Sonia Abreu, que deixou um importante legado em sua carreira.


Viu que não são só os homens que fazem a pista vibrar nas frequências da música eletrônica!?


Existem muitas artistas talentosas por aí!


E você, o que está esperando para bombar nas pistas?


Clique aqui e compre agora suas primeiras tracks premium da Brazilian Ghost e esteja no topo!

14,568 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Leia mais artigos: